Publicidade
Categorias
outros

Bolsonaro é rejeitado por 52%

De acordo com a pesquisa Exame/Ideia, divulgada nesta 6ª feira (7.mai.2021) pela revista Exame, que pertence ao banco BTG Pactual, o trabalho de Jair Bolsonaro (sem partido) como presidente é rejeitado por 52% da população, enquanto 24% o aprovam.

Outros 22% não aprovam nem desaprovam, e 2% não souberam avaliar a gestão de Bolsonaro. A diferença entre a aprovação e desaprovação é de expressivos 28 pontos percentuais. A margem de erro do levantamento é de 3 pontos percentuais.

Em relação à avaliação do atual governo federal, 50% afirmaram que o consideram “ruim ou péssimo”, outros 24% dizem que é “ótimo ou bom”. Os que avaliaram como “regular” somam 23,8%. Outros 2% não souberam avaliar a gestão de Bolsonaro.

A maioria (64%) dos que avaliaram o governo Bolsonaro como “ruim ou péssimo” têm ensino superior. Enquanto isso, 40% dos evangélicos aprovam a gestão de Bolsonaro. Entre os católicos, a avaliação positiva é de 24%.

A pesquisa foi contratada pela revista Exame, do banco BTG Pactual, do empresário André Esteves. Foi realizada pela empresa Ideia Big Data. Eis a a íntegra (212 KB).

BASE DE ENTREVISTADOS
Os 1.230 entrevistados pela empresa Ideia Big Data foram contatados por meio telefônico, com operadores humanos “com utilização de questionário elaborado de acordo com os objetivos da pesquisa”, sendo que os “entrevistadores contratados” foram “devidamente treinados para a abordagem desse público”, informa o relatório da pesquisa.

Não fica claro, entretanto, se as ligações foram realizadas para telefones fixos ou para celulares –ou para ambos. Isso faz grande diferença. O uso do celular é quase universal entre os brasileiros hoje. As linhas fixas, não.

O ideal é que numa pesquisa nacional a base de telefones usada possa incluir linhas fixas e celulares, para garantir a maior amplitude possível do público atingido.

Pesquisas telefônicas se tornaram o padrão no mundo hoje por causa da pandemia. É muito difícil convencer pessoas a conceder entrevistas pessoalmente, na rua ou em suas residências. Há grande precisão num estudo de opinião feito por telefone, desde que a metodologia seja robusta e a base de entrevistados represente toda a sociedade.

Nos EUA, em 2016, os levantamentos que mais acertaram na eleição de Donald Trump para presidente foram os que usaram o método de ligações telefônicas automatizadas, conforme relatório da Associação Americana de Pesquisadores de Opinião Pública (conhecida pela sigla de seu nome em inglês, Aapor). Para ler o estudo, clique aqui (em inglês).

No caso da pesquisa da revista Exame, não fica claro como foram encontrados os 1.230 entrevistados. Não se sabe se são portadores de celulares ou de linhas fixas.

MARGEM DE ERRO
Segundo a empresa Ideia, com as 1.230 entrevistas realizadas a margem de erro da pesquisa foi de “aproximadamente 3 pontos percentuais, para mais ou para menos”.

PITACO: Começou a derreter. Demorô!

Categorias
outros

A mais cristalina verdade…

Categorias
outros

Número de mortos no Jacarezinho sobe para 28, segundo polícia

Segundo a Polícia Civil do RJ, os três “novos óbitos” foram contabilizadas apenas nesta sexta (7/5) porque faleceram dentro dos hospitais

Tiroteio no Jacarezinho, Rio de JaneiroESTADÃO CONTEÚDO

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou, no início da noite desta sexta-feira (7/5), que a operação no Jacarezinho terminou com 28 mortos e não 25, como havia sido divulgado. Entre as vítimas, estão 27 moradores do local e um policial. A informação foi confirmada ao Metrópoles por Allan Turnowski, secretário da corporação.

Pressionada, uma perita do IML explicou aos familiares que o procedimento é lento e deve ser feito em vária etapas. “Inclui tirar as digitais, porque muitos chegaram sim identificação, escaneamento no corpo para ver se tem projétil, e se tiver tem que tirar. Tudo está sendo acompanhado com também com um perito do Ministério Público. São muitas etapas”, disse a servidora.

Até o momento da publicação da reportagem, 7 corpos haviam sido liberados.

Violência

Parentes e amigos dos 24 suspeitos mortos na comunidade do Jacarezinho estão revoltados com a violência da operação da Polícia Civil. Eles lotaram a porta do Instituto Médico-Legal (IML), no Rio de Janeiro, onde estão sendo identificados os mortos. Até o início da tarde desta sexta-feira (7/5), sete famílias tinham recebido a certidão de óbito.

Veja quem são as vítimas identificadas:

Carlos Ivan Avelino da Costa Júnior, 32 anos
Clayton da Silva de Freitas Lima, 26 anos
Francisco Fabio Das de Araújo Chaves, 25 anos
Isaac Pinheiro de Oliveira, 22 anos
Jhonatan Araujo da Silva, 18 anos
John Jefferson Mendes Rufino da Silva, 30 anos
Jonas do Carmo, 31 anos
Márcio da Silva, 43 anos
Márcio Manuel da Silva, 41 anos
Maurício Ferreira da Silva, 27 anos
Raí Barreto de Araújo, 19 anos
Richard Gabriel da Silva Ferreira, 23 anos
Romulo Oliveira Lúcio, 20 anos
Toni da Conceição, 30 anos
Wagner Luiz de Magalhães Fagundes, 38 anos
Marlon Santana de Araújo, 23 anos
Nathan Oliveira de Almeida, 21 anos
Rodrigo Paula de Barros, 31 anos
Pablo Araujo de Melo, 27 anos
Omar Pereira da Silva, 21 anos
Evandro Silva dos Santos
Bruno Brasil
Matheus Gomes
Diogo Barbosa Gomes

Com Metrópoles

Categorias
outros

Desembargador do TRF-1 revoga prisão domiciliar e Eduardo Cunha está livre

Urgente: Desembargador do TRF-1 revoga prisão domiciliar e Eduardo Cunha está livre

Com isso, o ex-presidente da Câmara agora pode circular à vontade, desde que não deixe o país — ele já foi condenado em segunda instância e ainda responde a vários processos.

Cunha foi preso em 2016 e, no ano passado, conseguiu a prisão domiciliar, em razão do risco de contaminação pela Covid.

Na decisão de hoje, Ney Bello disse que o ex-deputado poderia ser liberado “em razão de não se ter notícia do descumprimento das obrigações impostas, e, também, pela demora em se marcar o julgamento da apelação já interposta em favor do requerente”.

Na semana passada, o TRF-4 revogou outra prisão preventiva de Cunha e retirou a tornozeleira eletrônica — a decisão só manteve a retenção do passaporte; Cunha tem cidadania na Itália.

Leia aqui a íntegra da decisão.

 

Categorias
outros

Fachin pede a Aras apuração de ‘execução arbitrária’ em operação no Jacarezinho

Crédito: Agência Brasil

Estadão Conteúdo

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu ao procurador-geral da República, Augusto Aras, uma investigação sobre operação policial contra traficantes de drogas na favela do Jacarezinho, no Rio de Janeiro, que deixou 25 pessoas mortas, incluindo um policial. Fachin viu indícios de “execução arbitrária” no episódio. O plenário do STF determinou no ano passado a suspensão das operações policiais em comunidades do Rio durante a pandemia, referendando liminar proferida por Fachin.

“Os fatos relatados parecem graves e, em um dos vídeos, há indícios de atos que, em tese, poderiam configurar execução arbitrária. Certo de que Vossa Excelência, como representante máximo de uma das mais prestigiadas instituições de nossa Constituição cidadã, adotará as providências devidas, solicito que mantenha este Relator informado das medidas tomadas e, eventualmente, da responsabilização dos envolvidos nos fatos”, escreveu Fachin, em ofício assinado na última quinta-feira.

Um ofício semelhante foi enviado ao procurador-geral de Justiça do Estado do Rio, Luciano Oliveira Mattos de Souza.

 

Categorias
outros

Empresa que opera ferry-boat em Guaratuba pode perder concessão, diz CGE

Por

Empresa que opera ferry-boat em Guaratuba pode perder concessão, diz CGE

Foto: Jorge Woll/DER

 

Com as reclamações da demora na espera da fila do balsa (ferry-boat) que faz a travessia na Baía de Guaratuba, a Controladoria-Geral do Estado (CGE) colheu, na última semana, algumas opiniões dos usuários do transporte. Na edição da tarde da CBN Curitiba de hoje (07), o Controlador-Geral do Estado, Raul Siqueira, respondeu algumas questões sobre o assunto.

Caso o usuário pretenda fazer alguma reclamação ou denúncia, recomenda que sejam utilizados os seguintes canais:

Telefone da Ouvidoria-Geral do Estado: 0800-041-1113
Site da Controladoria-Geral do Estado: cge.pr.gov.br

Ouça a entrevista:

Categorias
outros

Vacinação para grupo entre 50 a 54 anos com comorbidade começa neste sábado (08)

Agendamento para a faixa etária foi liberado nesta sexta-feira (07) pela Secretaria de Saúde

A faixa etária da vacinação contra a covid-19 para o grupo prioritário de comorbidades será ampliada para as pessoas entre 50 a 54 anos a partir deste sábado (08) pela Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu. A vacinação dos grupos prioritários está ocorrendo nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

O agendamento pode ser feito no site da prefeitura pelo link http://vacinacao.pmfi.pr.gov.br/, opção ‘comorbidades’, ou ainda nos postos de saúde e na central de agendamento pelos telefones 2105-1105/1106/1120. As vinte unidades de saúde e a Vigilância em Saúde vão abrir no sábado das 8h às 14h.

A vacinação do grupo de comorbidades, assim como ocorreu com os idosos, é feita de forma escalonada. “Iniciamos a vacinação no grupo de comorbidades de 55 a 59 anos na quinta-feira (6) e percebemos que já é possível ampliar essa faixa etária. Entendemos que será necessário mais suporte para orientar a população e, por isso, estamos mobilizando as equipes de saúde tirar dúvidas e dar o atendimento a todos que possuem comorbidades aptas a receber a vacina”, disse a secretária de Saúde, Rosa Jeronymo.

Comprovação da comorbidade

No momento da vacinação, o sistema identifica as pessoas que fazem tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), que não precisam de comprovação da comorbidade. Caso a comorbidade não seja identificada, é necessário apresentar o formulário elaborado pela Secretaria Municipal de Saúde, disponível no link https://www5.pmfi.pr.gov.br/pdf-2385&publicacao. O documento deve ser preenchido, assinado e carimbado pelo médico.

Também serão aceitos atestados médicos que, obrigatoriamente, apresentem as seguintes informações: nome do paciente, número da Classificação Internacional de Doenças (CID), e nome, CRM e carimbo do médico. Os atestados que não apresentarem todos os dados não serão aceitos pela Secretaria de Saúde.

Outros grupos

Nesta etapa da campanha de vacinação contra a covid também são contemplados gestantes, pessoas com síndrome de down e puérperas (mulheres em período pós parto de até 45 dias) com mais de 18 anos. Pessoas com deficiência permanente que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos começaram a ser vacinadas na quinta-feira (6) e a faixa etária será ampliada para 50 a 54 anos no sábado (8).

No primeiro dia de vacinação dos novos grupos prioritários foram imunizadas 759 pessoas com comorbidades. A faixa etária para este grupo será reduzida conforme a chegada de mais doses no município. Até quinta-feira (06) foram aplicadas 67.564 doses da vacina contra a covid-19 em Foz do Iguaçu, sendo 43.940 primeira dose e 23.624 segunda.

Link: https://www5.pmfi.pr.gov.br/noticia-47859