Publicidade
Categorias
outros

Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo tornam-se réus da Lava Jato por decisão do STF

Paulo Bernardo e Gleisi Hoffmann

O Antagonista

A Segunda Turma do STF acaba de colocar no banco dos réus Gleisi Hoffmann e Paulo Bernardo, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Os dois são acusados de usar 1 milhão de reais desviados de contratos da Petrobras na campanha dela ao Senado, em 2010.

Também vira réu Ernesto Rodrigues, apontado pela PGR como emissário da propina.

Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski acompanharam o relator Teori Zavascki.

Já há, portanto, votos suficientes.

Votam agora Celso de Mello e Gilmar Mendes.

Gleisi está triste

Gleisi Hoffmann divulgou uma nota em que diz receber com “profunda tristeza” a decisão da Segunda Turma do STF de transformá-la em ré. Segundo ela, “a verdade prevalecerá”.

PITACO: Então, tá.

Mac Donald comete litigância de má fé, diz Túlio Bandeira

unnamed

As manobras de Paulo Mac Donald (PDT) – candidato a prefeito de Foz do Iguaçu e que teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral – se tornaram caso de polícia. “O Paulo Mac Donald deveria ser processado por litigância de má-fé”, afirma o advogado Túlio Bandeira, candidato a prefeito pelo Pros.

“Pois ele usou do prazo de embargos de declaração, sabendo que seria improcedente, somente para protelar a subida do recurso para TSE”, reforçou Tulio Bandeira. “Apesar que, os votos dele (Paulo Mac Donald) serão computados como nulos nas eleições do dia 2 (de outubro)”, afirma o candidato.

Leia Mais »

CODINOME GUERRILHEIRO

As mensagens da Odebrecht citam um certo Guerrilheiro.

O Antagonista descobriu de quem se trata: José Genoino.

Um e-mail de Marcelo Odebrecht, de 10 de maio de 2004, refere-se a uma “nota entregue ao Guerrilheiro, quando de visita recente do comando do PT à China”.

O comando do PT visitou a China em abril daquele ano. A comitiva era composta por José Genoino, Delúbio Soares, Paulo Delgado e Valter Pomar.

O único guerrilheiro da turma – aquele que lutou no Araguaia – era o mensaleiro José Genoino, presidente do partido.

O relatório da PF sobre a propina recebida por Antonio Palocci aponta “pagamentos de vantagem indevida ao codinome Guerrilheiro, cuja autorização foi expressamente dada por Marcelo Bahia Odebrecht”.

Agora a PF já sabe quem ele é.

Guerrilheiro preso no Araguaia

Categorias
outros

Polícia Civil prende autor de homicídio ocorrido no último sábado

1bb26df5-462e-40c1-a4c1-1ba

Na noite desta segunda-feira (27), policiais civis da Delegacia de Homicídios prenderam em flagrante pela prática do crime de ameaça na forma da Lei 11.340/06 (Lei Maria da Penha) e cumprimento de mandado de prisão em desfavor de Tiago Augusto dos Anjos, 23 anos de idade no bairro Morumbi.

A equipe da DH prosseguia com a investigação do crime de homicídio que levou a óbito a pessoa de Rogério Fleimann, 23 anos de idade no último sábado (24), e foram informados pela ex-mulher de Tiago que ele vinha a ameaçando devido a um relacionamento que esta teria tido com a vítima Rogério cerca de 5 (cinco) meses, inclusive a ameaçou instantes antes de comparecer na Delegacia de Polícia, com a seguinte frase: “você quer que eu vou lá e mato mais um?”.

Com estas informações a equipe se deslocou até a residência de Tiago Augusto dos Anjos e o conduzindo até a Delegacia de Homicídios onde foi dado fiel cumprimento ao mandado de prisão e posteriormente foi encaminhado a 6ª Subdivisão Policial e foi autuado pela prática do crime de ameaça. Visando garantir as medidas protetivas pela Lei Maria da Penha não foi concedida fiança pelo Delegado Carlos Eduardo Pezzette Loro.

Ainda na Delegacia de Homicídios, o Delegado informou que “Tiago confessou a prática do crime de homicídio que vitimou Rogério e agora durante o inquérito policial solicitamos à população que colabore ainda mais com as investigações com o com o objetivo de fornecer a maior quantidade possível de informações sobre o crime para subsidiar o Promotor de Justiça responsável pela acusação”.

DROGAS PARA CONSUMO PESSOAL

Repassado pela central, por volta de 20:30h, para equipe P2, uma denúncia anônima, na rua Bangu no Morumbi II, que uma pessoa, fazia o cultivo de alguns pés de maconha. No local, foi abordado um rapaz onde espontaneamente mostrou o local onde estava plantados as plantas, perguntado para o mesmo se era dele as mudas, o mesmo relatou que sim, que plantou para uso medicinal. O homem e as plantas, foram conduzidos para a 6ª SDP para as devidas providencias.

VEÍCULO RECUPERADO

Durante patrulhamento, por volta de 23:00h, pela Vila Yolanda, a equipe policial avistou o veículo Saveiro de cor branca, a qual a equipe acabara de fazer o bloqueio junto a vítima. Foi então que a equipe policial entrou em contato via fone com a mesma, a qual deslocou até o local indicado, para fazer o acompanhamento do veículo até a 6ª SDP paras as providencias cabíveis.

ROUBO

Equipe foi acionada via rádio, por volta de 09:50h, sobre um roubo a transeunte. A vítima praticava caminhada na avenida República Argentina, e carregando seu celular em mãos, que foi surpreendida pelos indivíduos que efetuaram o roubo, conhecido como, “cavalo louco” onde levaram seu celular e saíram correndo sentido favela da guarda mirim. A equipe em buscas pela região, logrou êxito em abordar dois indivíduos com características repassadas, onde foi constatado que o celular da vítima estava com um dos meliantes. Reconhecidos pela vítima, foram encaminhados à 6ª SDP para procedimentos cabíveis.

CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO

A equipe em patrulhamento de rotina, por volta de 08:00h, pelo bairro Campos do Iguaçu, abordou um homem em frente a sua residência, consultado seu nome via central, constou em seu desfavor um mandado de prisão. Diante dos fatos, o indivíduo foi encaminhado para a 6ª SDP para os procedimentos cabíveis.

VEÍCULO RECUPERADO

Na avenida Araucária região da Vila A, segundo informações repassadas via 190, por volta de 07:30h, que haveria um veículo abandonado, na localidade a equipe encontrou o veículo gol de cor branca, o mesmo estava em situação de abandono, consultado a placa via copom, foi constatado que o mesmo havia alerta de furto. Que diante dos fatos, foi acionado o guincho e encaminhado o mesmo até a delegacia de polícia para serem tomadas as medidas cabíveis.

DROGA ILÍCITA

Após uma denúncia anônima, por volta de 22:00h, de que uma carreta cor branca, estaria carregada com substancia entorpecente (maconha), e a mesma estaria estacionada em um posto de gasolina na saída de Foz do Iguaçu, depois de diversas diligencias nos pátios dos postos de gasolina na saída de foz do Iguaçu, para localizar a suposta carreta, a equipe logrou êxito em localiza-la nos fundos de um dos postos, que no momento da abordagem não havia ninguém na carreta e nem próximo, ao verificar a sua carga constatou-se que a mesma estava carregada com diversos fardos de arroz e entre meio a estes diversos fardos pequenos de cor branca (sacas) contendo substancia análoga a maconha, que após a pesagem totalizou aproximadamente quatrocentos e trinta quilos da droga, diante dos fatos encaminhado a carreta e os entorpecentes para a 6ª SDP para as devidas providencias.

Denúncia leva polícia à carreta carregada com maconha

unnamed-8

 Com a informação de um carregamento de drogas em uma carreta na saída de Foz do Iguaçu, a Polícia Militar iniciou às 22h de terça-feira (27) uma busca em vários postos de gasolina na região. Após várias incursões, os policias encontraram a carreta no fundo de um dos postos, carregada de arroz. Em meio a carga, diversos fardos brancos pequenos com maconha.

A droga foi apreendida e pesada, totalizando 430 quilos. A carreta e a droga estão apreendidas na Delegacia da Polícia Civil.

Com G 1

 

Categorias
outros

Jornalista da Globo briga com candidata a prefeita em entrevista

Em um vídeo, as duas estão discutindo por conta da Globo e o seu “poder de manipulação”, segundo palavras da candidata.

Jornalista da Globo briga com candidata a prefeita em entrevista

© Reprodução / YouTube

Na noite desta segunda-feira (26), a repórter Karina Matos, da Rede Clube, afiliada da Globo no Piauí, e Lourdes Melo, candidata a prefeita de Teresina pelo PCO (Partido da Causa Operária), discutindo nos bastidores de uma entrevista.

Segundo informações do site ‘UOL’, o vídeo foi espalhado pelo próprio cinegrafista da emissora que gravou o fato. A imagem mostra as duas discutindo por conta da Globo e o seu “poder de manipulação”, segundo palavras da candidata.

Lourdes diz que Karina quer impor o que ela vai falar: “Você quer impor o que você quer que eu fale”. “Mas eu nem lhe perguntei nada, como eu quero lhe impor alguma coisa?”, respondeu a jornalista.

“Para fazer uma matéria com você eu preciso de sua imagem”, avisa Karina, mas a candidata só quer liberar sua voz, não a imagem de seu rosto.

A política ainda diz que nunca trabalharia em uma empresa como a ‘poderosa Globo’, como ela se referiu à emissora.”E eu lá tô decidindo alguma coisa, dona Lourdes? Eu sou empresária? Dona de TV? Todo mundo aqui é trabalhador. Todo mundo aqui recebe salário. A senhora fala que não trabalha pro sistema, mas não trabalha para ele? A rede pública de ensino é do sistema”, fala a jornalista.

Karina ainda reclama da postura da candidata e diz que ela se achava melhor que os outros: “A senhora tá se achando, se acha melhor que os outros, a gente chega aqui para trabalhar, fazer a matéria e a senhora fica com coisa com a gente, aqui é tudo trabalhador também”.

Lourdes se enraiva e dispara: “Você que se acha, você falta nem pisar no chão, que coisa que eu estou fazendo? Você está inventando minha filha, você tem o poder, tem esse microfone e a TV, eu não tenho nada, eu só sou professora”, rebate.

Ainda segundo a publicação, a Rede Clube, em nota divulgada nesta terça (27), diz que está apurando quem vazou as imagens, já que elas não foram utilizadas na reportagem sobre Lourdes Melo.

ASSISTA O VÍDEO

 

Categorias
outros

Fora do mundo real

Antonio Palocci deixa a sede da PF em São Paulo (Foto: Pedro Kirilos / Agência O Globo)
Antonio Palocci deixa a sede da PF em São Paulo 

Ricardo Noblat

Há 10 dias, procuradores da Lava-Jato acusaram Lula de ter recebido propinas da construtora OAS no valor de R$ 3,7 milhões.

Parte do dinheiro foi gasta na reforma de um triplex na praia do Guarujá, em São Paulo.

A outra parte no armazenamento de pertences de Lula destinados ao triplex e ao sítio de Atibaia, também em São Paulo.

Como o PT reagiu à denúncia, depois aceita pelo juiz Sérgio Moro, que alçou Lula à condição de réu por corrupção e lavagem de dinheiro?

O PT preferiu atacar um gráfico exibido pelos procuradores onde o nome de Lula aparecia no centro ligado a fatos e personagens do maior escândalo de corrupção da história do país.

E para rebater a menção a Lula como “o comandante máximo” de uma organização criminosa, repetiu como se fosse dos procuradores uma frase que eles jamais disseram: que não tinham provas, mas convicção.

Há cinco dias, por ordem do juiz Moro, o ex-ministro da Fazenda dos governos Lula e Dilma, o economista Guido Mantega, foi preso sob a acusação de ter intermediado dinheiro suspeito para o PT.

Como o partido reagiu? Atacou a Polícia Federal por ter prendido Mantega dentro do centro cirúrgico de um hospital de São Paulo, onde a mulher dele, vítima de um câncer, estava sendo operada.

A mulher não estava sendo operada. Iria submeter-se a uma endoscopia. Mantega não foi preso dentro do centro cirúrgico, nem mesmo dentro do hospital, mas fora dele. E liberado cinco horas depois.

Ontem, Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda do governo Lula, ex-chefe da Casa Civil do governo Dilma, foi preso e levado para Curitiba. É acusado de suceder Mantega na arrecadação de propinas para o PT.

Como o partido reagiu? Nada disse sobre a acusação. Preferiu bater no Ministro da Justiça Alexandre Moraes que na última sexta-feira, no interior de São Paulo, vazou a informação de que haveria nesta semana mais uma operação da Lava-Jato.

Desde que chegou ao poder com a eleição de Lula em 2002, o PT foi incapaz de admitir seus erros, de penitenciar-se por eles, muito menos de aprender alguma coisa com eles.

O mensalão quase custou o primeiro mandato de Lula. E o que ele e o PT fizeram em seguida? Trocaram o pagamento de propinas a deputados pelo loteamento de cargos na Petrobras e no governo.

Foi mais do mesmo: a corrupção amadora deu lugar à corrupção aparentemente sofisticada. A primeira não resistiu à delação de um deputado. A segunda está sendo dizimada por Moro e seus procuradores.

Ou por Moro e “esses meninos”, como Lula insiste em chamá-los.

Categorias
outros

Delegacia de Homicídios prende em flagrante autor de crime

f226b406-36fc-404c-8414-d84

Na manhã desta segunda-feira (26), investigadores da Delegacia de Homicídios receberam informações que teria dado entrada no Hospital Municipal uma vítima de disparos de arma de fogo, Thaynara Cantalice da Silva, 19 anos de idade.

De imediato a equipe se deslocou até hospital, onde a vítima informou que estaria trafegando pela Rua Mané Garrincha, no veículo VW/Gol na companhia de seu marido, quando a pessoa de Fernando Augusto Habitzreuter, 23 anos de idade, teria disparado contra a mesma. A vítima, que reconheceu o autor do crime, ainda afirmou que estaria sofrendo ameaças devido a desentendimentos comerciais, pois a vítima, seu marido e autor são vendedores ambulantes em frente ao Parque das Aves.

Diante das informações, os investigadores se deslocaram até a residência do autor onde este foi preso em flagrante delito por homicídio simples, na forma tentada. Fernando Augusto foi encaminhado a Delegacia de Homicídios e após a lavratura do flagrante delito fora encaminhado a carceragem provisória da 6ª Subdivisão Policial.

PRF prende suspeita com 73 mil comprimidos de ecstasy, no Paraná

Flagrante foi feito na tarde deste domingo (3) na BR-277, em Cascavel.
Veículo tinha placas de Santa Catarina; condutora disse que ia para Curitiba.

Do G1 PR

Segundo a PRF, droga estava em carro com placas de Florianópolis (SC); motorista disse que seguiria para Curitiba (Foto: PRF/ Divulgação)Segundo a PRF, droga estava em carro com placas de Santa Catarina; motorista disse que seguiria para Curitiba (Foto: PRF/ Divulgação)

 

Uma mulher, de 22 anos, foi presa em flagrante transportando cerca de 73 mil comprimidos de ecstasy em fundos falsos de um carro com placas de Balneário Camboriú (SC) abordado no posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) da BR-277 em Cascavel, no oeste doParaná. A apreensão foi feita na tarde deste domingo (3).

Segundo os agentes, a condutora estava bastante nervosa durante a abordagem, o que os levou a vistoria o veículo. Os pacotes com a droga estavam escondidos em compartimentos no painel do automóvel. Presa em flagrante a motorista disse que pegou a droga em Cascavel e a levaria para Curitiba.

Ela, uma passageira, o entorpecente e o carro foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil em Cascavel. A pena para o crime de tráfico de drogas varia de cinco a 15 anos de prisão.

PRF apreende 12 mil maços de cigarros da Indonésia no Paraná

Apreensão foi na tarde deste sábado (31), em Santa Terezinha de Itaipu.
Cada maço custa em torno de R$ 10 no Brasil; um homem foi preso.

Do G1 PR

Segundo a polícia, cigarro é de fabricação Indonésia e cada maço custa aproximadamente R$ 10 no Brasil, (Foto: PRF/ Digulgação)
Segundo polícia, cigarro é de fabricação Indonésia e cada maço custa aproximadamente R$ 10 no

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu um carro carregado com 12 mil maços de cigarros contrabandeados em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná. A apreensão foi na tarde deste sábado (31). O cigarro é de fabricação Indonésia e cada maço custa aproximadamente R$ 10 no Brasil, conforme a PRF. Um homem foi preso.

Os policiais seguiram o veículo suspeito pela área rural do município. Ao perceber a presença da polícia, o motorista abandonou o carro e tentou fugir a pé pelo matagal, mas caiu e foi preso.

A PRF levou o homem para o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu para ser atendido e depois ele foi encaminhado para a Polícia Federal da cidade junto com os cigarros e o veículo.

 

Categorias
outros

Nos bastidores, Jô Soares mostra inconformismo com fim de programa

Cheio de ideias e projetos para o próximo ano, o comunicador ainda não sabe quais serão seus próximos passos

Em 2017, o “Programa do Bial” assumirá o “buraco” deixado por Jô Soares na programação. Por enquanto, somente a primeira temporada da atração está garantida. Os executivos da Globo querem aguardar os resultados iniciais para só então fixar (ou não) o formato na grade.

Falando em Jô, a equipe do “Domingão do Faustão” está interessada em homenagear o artista. A produção de Fausto Silva quer que Soares seja o escolhido para receber o “Troféu Mário Lago” por tudo o que produziu nas artes, o que inclui televisão, teatro e literatura.

PITACO: Jô Soares sai da Globo porque não inovou, ficou décadas repetindo os mesmos bordões cansativos e sem originalidade. Demorô!

 

Categorias
outros

Agora só faltam Erenice e a chefe dela

Por Mario Sabino

Em 31 de outubro do ano passado, a revista Época publicou as movimentações financeiras suspeitas de Lula, Antonio Palocci, Fernando Pimentel e Erenice Guerra que haviam sido detectadas pelo Coaf — o órgão do Ministério da Fazenda encarregado de combater a lavagem de dinheiro.

Lula havia movimentado 52,3 milhões de reais; Antonio Palocci, 216 milhões de reais; Fernando Pimentel, 3,1 milhões de reais; Erenice Guerra; 26,3 milhões de reais. Ou seja, um total de quase 300 milhões de reais.

Hoje, com a prisão de Antonio Palocci pela Lava Jato, o juiz Sergio Moro determinou que ele tivesse 128 milhões de reais bloqueados — o equivalente à propina que é acusado de receber da Odebrecht. Ainda sobram 88 milhões de reais sobre os quais o ex-ministro da Fazenda deve explicações. Boa parte desse dinheiro, constatou o Coaf, veio de “consultorias” prestadas ao grupo Caoa — investigado na Zelotes pela compra de medidas provisórias que beneficiavam o setor automotivo. Antonio Palocci também recebeu uma dinheirama do laboratório Dasa e do grupo Pão de Açúcar (por meio do escritório de advocacia de Márcio Thomaz Bastos).

Na Fazenda e, depois, na Casa Civil, Antonio Palocci vendia a ideia de que era o fiador da estabilidade econômica e política. Um contrapeso aos radicais do PT. Agora se sabe que ele se vendia literalmente e grandes empresários o compravam literalmente. Mas não para assegurar estabilidades. Palocci se vendia e grandes empresários o compravam para que, das suas negociatas, restasse apenas a carcaça das instituições brasileiras.

Lula, Palocci e Pimentel vão ser condenados. Agora só falta pegar Erenice Guerra. E a chefe direta dela, claro.