Publicidade
Categorias
outros

Justiça concede liminar para que a vereadora Anice Nagib tome posse

Doutor Luis Berti, juiz da 2ª Vara Fazendária, concedeu liminar para que a vereadora Anice Nagib (PTN) tome posse num prazo de 48 hs. O pedido atendeu a um mandato de segurança impetrado pelo advogado da vereadora Elias Assad Mattar. Se a determinação não for cumprida a Câmara Municipal deverá pagar multa de dois mil reais por dia.

TRF 4 LIBERA UM DOS PRESOS DA PECÚLIO

O dentista Mahmoud Ahmad Jomaa preso desde o dia 15 de janeiro na fase 5 da operação Pecúlio ganhou o direito de sair do regime fechado e usar tornozeleira em medida cautelar provisória. Jomaa deverá circular num perímetro máximo de 5 quilômetros de sua residência.  Deverá pagar 10 mil reais de multa e seis mil e seiscentos pela tornozeleira.. O advogado Kaio Veloso do escritório Claudio Rorato foi quem peticionou ao Tribunal Federal alegando motivos de saúde de seu cliente.

VEP NÃO AUTORIZOU A POSSE DE NENHUM VEREADOR

O promotor de Justiça da VEP _ Vara de Execuções Penais – Tiago Lisboa me concedeu entrevista ao programa Poder & Política desta sexta (13) quando esclareceu o seguinte imbróglio:
A Juíza da VEP doutora Juliana Zanin não autorizou que nenhum vereador tomasse posse, o que ela autorizou foi que os vereadores reeleitos e que se encontram presos pela operação Pecúlio saíssem da penitenciária e fosse com escolta até a Câmara Municipal. Quanto ao que eles iriam fazer lá não entrou no mérito da decisão judicial. Fica, portanto, o registro. (a entrevista do Promotor está postada nesta edição).

O PROTESTO NA PORTA DO LEGISLATIVO

15977013_10208128704551490_939027292096711723_n15977750_10208128708751595_6332136178462739236_n

Cerca de 100 pessoas protestaram nesta sexta (13) na porta da Câmara Municipal sobre a eventualidade de os cinco vereadores presos tomarem posse. O atual presidente do legislativo vereador Rogério Quadros não esteve no local. Falou apenas o atual assessor de imprensa da Câmara, o Edmílson Galhardo. Um fato que me chamou a atenção foi o comportamento do dirigente político do Pros, o Zé Reis, o Cazuza, que era um dos mais ativos no protesto. Chegou a fazer discurso rápido sendo aplaudido pela patuleia presente. Analisemos:
Dia desses postamos neste espaço que a esposa da Cazuza, senhora Larissa Suelen Moraes Reis, foi assessora de um vereador na legislação encerrada em 2016. Dissemos que não sabíamos em que gabinete. Agora sabemos. Foi no gabinete do vereador Mogênio (PSC) que se encontra preso, acusado de ser o “marco zero da corrupção” na Câmara Municipal, pois segundo a PF e O MPF era ele que distribuía o “mensalinho” aos demais vereadores. Isso posto,  pergunta-se: que moral tem o Cazuza para ficar protestando contra corrupção na porta da Câmara, se a mulher dele foi lotada no gabinete de um vereador preso e acusado de corrupção?
Não nos esqueçamos que o Pros, deste mesmo senhor Cazuza, levou para os quadros do partido o vereador Rudinei de Moura (preso da Pecúlio), levou o Zé Carlos, preso duas vezes, e condenado a seis anos por corrupção, e, para finalizar, levou o Tulio Bandeira que também se encontra preso. Portanto, Cazuza, não subestime a inteligência dos iguaçuenses querendo posar de paladino da moralidade. Melhor faria você se desistisse da política e deixasse de ficar pedindo “boquinhas” para sua mulher (Pediu no governo Paulo McD e Reni Pereira, parece viver disso!) e depois indo protestar contra a corrupção na frente do legislativo! Como se não bastasse esse mesmo Cazuza é investigado pelo Ministério Público Estadual por suspeita de ter recebido verbas publicitárias irregulares do ex- presidente do legislativo, o Zé Carlos (de triste memória!) Recebeu mais de 30 mil reais enquanto grandes veículos de mídia receberam ninharias. Não demora vem a resposta…

Em tempo: O Pros nacional tenta identificar alguém na fronteira para dirigir o partido. Os que foram consultados, agradeceram e não aceitaram. Fácil de deduzir: ninguém se habilita a dirigir uma sigla que trouxe tantos dissabores á vida politica iguaçuense.
Cazuza, aproveita essa reprimenda e vê se toma tino na vida, e para de mentir. Coisa feia um dirigente partidário tentar enganar a Justiça Eleitoral atestando que tinha curso superior. Deprimente!

Categorias
outros

PCC envia armas para facção aliada no RJ após mortes em presídios

Ao todo, 17 fuzis foram enviados ao Rio de Janeiro

O Serviço de Inteligência da polícia paulista descobriu, nesta semana, que a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) estaria enviando armamentos para a facção Amigos dos Amigos (ADA), que tem como uma das principais áreas de atuação a Favela da Rocinha, em São Conrado, na Zona Sul.

De acordo com a investigação policial, os traficantes de São Paulo estariam auxiliando a facção aliada após as mortes que ocorreram nos presídios. Ao todo, 17 fuzis foram enviados ao Rio de Janeiro.

O promotor Lincoln Gakiya, que comanda as investigações, afirma que os massacres nos presídios do Norte do país estão relacionadas com a guerra declarada entre o PCC e o Comando Vermelho (CV).

“O PCC passou a dominar esse espaço e não dividiu com o CV”, explicou o promotor.

“Simultaneamente, o CV fortaleceu alianças com facções locais das regiões Norte e Nordeste, onde o PCC enfrenta forte oposição. Já o PCC fez aliança principalmente com inimigos do CV, como a ADA”, disse o procurador de Justiça Marcio Sérgio Christino, especialista em crime organizado.

 

 

Categorias
outros

No mundo encantado de Lula

Lula (Foto: Edilson Dantas / Agência O Globo)

Ricardo Noblat

Mesmo aos que detestam Lula, e principalmente a esses, recomendo acompanhar o que ele diz sempre que se reúne com seus correligionários ou concede entrevistas a jornalistas amestrados. Porque é só entre eles que Lula, hoje, consegue circular. E é só a jornalistas simpáticos às suas teses que ele mais fala do que responde a perguntas, nenhuma delas embaraçosa.

Que não se perca por preciosa e exemplar a oportunidade não muito comum entre nós de se ver um líder político empenhado em desenhar um mundo completamente distante daquele que de fato existe. Um mundo de ficção capaz de justificar seus atos passados e de sustentar suas aspirações futuras. É nesse mundo que Lula tenta sobreviver enquanto espera o desfecho do seu destino na Justiça.

Diante de sindicalistas que se juntaram, ontem, em Brasília, para ouvi-lo e concordar com tudo o que dissesse, Lula discorreu sobre a crise econômica que empurrou o país para o buraco, apagou as conquistas sociais dos últimos 13 anos e pouco, produziu mais de 12 milhões de desempregados e está muito longe de ser debelada. A crise não foi obra do desgoverno de Dilma, garantiu Lula.

Ela até pode ter errado quando promoveu desonerações à farta, mas o fez para preservar empregos. A crise é obra do governo golpista que derrubou Dilma, segundo Lula. Não importa que esse governo só tenha se estabelecido em definitivo há pouco mais de três meses. Ele veio para fazer o mal em contraponto aos dois governos de Lula e aos governos de Dilma que só fizeram o bem.

Quem impediu Dilma de adotar as medidas necessárias para impedir o agravamento da crise cujos primeiros sinais apareceram ainda no fim do segundo governo de Lula? Interessado em que seu período no poder ficasse para a história como “um período mágico”, Lula não foi. Tampouco Dilma ou o PT que lhe negou apoio. Foi Eduardo Cunha, afirma Lula, e as forças que ele controlava na Câmara.

Quanto à corrupção que como sócio, cúmplice ou beneficiário Lula viu alastrar-se por seus governos e atingir o pico nos governos de Dilma, nem uma palavra. Ou melhor, só uma palavra indireta em forma de pergunta. “Quem é que vai tirar o país da lama em que ele se encontra?” – provocou Lula. E a dócil e entusiasmada plateia respondeu em coro: “”Lula, Lula”.

Foi a deixa que ele queria arrematar sua peça de ficção: “Se cuidem porque, se eu voltar a ser candidato a presidente da República será para fazer muito mais do que nós fizemos. Tenho 71 aos e pareço um jovem de 30. Quem acha que vai me proibir de fazer as coisas, pode se preparar que eu vou voltar a andar este país para fazer as coisas importantes.”

Lula é réu em cinco processos. Poderá virar réu em outros. Está próximo o dia em que será condenado pelo juiz Sérgio Moro. Talvez lhe seja concedido o benefício de recorrer da decisão de Moro em liberdade. A decisão será confirmada pela Justiça em segunda instância. Ele se tornará inelegível e começará a cumprir pena. Então se reconciliará com o mundo real. Ou não

Categorias
outros

Ex-ministro de Temer, Geddel Vieira Lima de novo na boca do jacaré

Em mensagem, operador de Cunha chama Geddel de ‘porco folgado’

Lúcio Funaro ameaça, ainda, encurralar ex-ministro de Temer com “Michel”

Uma das mensagens apreendidas pela Polícia Federal na Operação ‘Cui Bono?’, uma fala de Lúcio Funaro, apontado como operador do deputado cassado Eduardo Cunha, chama atenção

Funaro se refere ao ex-ministro Geddel Vieira Lima ao conversar com o então vice-presidente da Caixa, Fabio Cleto.

Na conversa, os dois falam sobre um e-mail de um dos acionistas da BRvias, em que Funaro pedia um empréstimo junto ao departamento de Geddel.

“Se ele não resolver vou f**** ele no Michel”, diz Funaro, irritado. “Esse porco é um folgado do c******”, completa.

O diálogo foi obtido pela coluna Radar On-Line, da revista Veja, desta sexta-feira (13).

Ainda segundo a revista, o suposto operador de Cunha disse estar disposto a “sair na porrada” com o ex-ministro, se fosse necessário. “Tenho total condição”, afirmou.


Procurador cita Temer em petição do caso Caixa

Em petição sigilosa sobre o escândalo que envolve a Caixa Econômica Federal, o procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes cita o nome de Michel Temer. Datado de 19 de dezembro de 2016, o documento tem 14 páginas. A íntegra pode ser lida aqui. A peça foi endereçada ao juiz federal Vallysnei de Souza Oliveira. Contém pedidos de diligências e providências relacionadas à investigação. A menção ao presidente da República consta do primeiro parágrafo da página 3 (veja reprodução abaixo”.

Reprodução

 

Reprodução

O procurador não associou Temer diretamente a nenhuma ilegalidade. Mencionou-o num contexto nebuloso, em que tratava de operações suspeitas atribuídas a Geddel Vieira Lima na época em que ocupava cargo de confiança na Caixa Econômica Federal, no governo Dilma Rousseff. O procurador anotou a certa altura: “…outras empresas vinculadas à família Constantino negociavam a obtenção de recursos na vice-presidência de Pessoas Jurídicas da CEF, área de Geddel Quadros Vieira Lima, com a atuação de Eduardo Cunha…”

Evocando mensagens extraídas de um celular de Eduardo Cunha, apreendido numa batida policial da Operação Lava Jato na casa do ex-deputado, em 15 de dezembro de 2015, o procurador reproduziu trecho de um documento da Polícia Federal (Relatório de Análise de Material Apreendido no 114/2016). Diz o seguinte: “69. Outra novidade dentro desta análise é a referência ao indivíduo ‘desirre’, que seria Roberto Derziê de Sant’Anna, o qual, conforme a imprensa, seria pessoa ligada ao atual presidente MICHEL TEMER e, à época dos fatos, exercia o cargo de diretor-executivo de Pessoa Jurídica da CEF.”

Funcionário de carreira da Caixa, Roberto Derziê , de fato, é ligado a Michel Temer. Em junho de 2015, quando Dilma Rousseff delegou a Temer a coordenação política do seu governo, o então vice-presidente da República requisitou Derziê para responder pela secretaria-executiva da Secretaria de Relações Institucionais, no Planalto. Em outubro de 2015, a pedido de Temer, Derziê foi devolvido à Caixa. Dilma acomodou-o no cargo de vice-presidente de Riscos da instituição.

Seis meses depois, em 31 de março de 2016, Dilma exonerou Roberto Derziê do cargo de vice-presidente da Caixa. Nada a ver com suspeitas de irregularidades. Foi uma resposta direta a Temer, adotada em reação à decisão do PMDB de romper com o governo do PT. Uma decisão que abriu uma crise política que desaguou no impeachment de Dilma e na consequente conversão de Temer em presidente.

Afora esta citação, o procurador Anselmo Lopes não voltou a mencionar o nome de Temer. Procuradores que atuam na primeira instância não têm poderes para investigar parlamentares, ministros e o presidente da República. Iniciada numa fase em que Geddel ainda era ministro, coordenador político de Temer, o inquérito sobre a Caixa coria no Supremo Tribunal Federal. Mas foi remetido para o primeiro grau depois que Geddel deixou o Planalto.

Afora esta citação, o procurador Anselmo Lopes não voltou a mencionar o nome de Temer. Procuradores que atuam na primeira instância não têm poderes para investigar parlamentares, ministros e o presidente da República. Iniciada numa fase em que Geddel ainda era ministro, coordenador político de Temer, o inquérito sobre a Caixa coria no Supremo Tribunal Federal. Mas foi remetido para o primeiro grau depois que Geddel deixou o Planalto.

Econômico nas palavras dedicadas a Temer, o procurador foi expansivo nas considerações sobre Geddel, Eduardo Cunha, o ex-vice-presidente de Loterias Fábio Cleto (hoje delator da Lava Jato) e o doleiro Lçio Bolonha Funaro, apresentado no inquérito como operador financeiro da “organização criminosa.”

Diz o documento da Procuradoria: “Todos os elementos até aqui apresentados demonstram uma sistemática ilícita para obtenção de recursos junto à CEF contando com a participação ativa do atual Secretário de Governo, Geddel Quadros Vieira Lima, quando este ainda era vice-presidente de Pessoa Jurídica da CEF, bem como de Eduardo Cunha, e ainda do então vice-presidente de Fundos de Governo e Loterias, Fabio Ferreira Cleto, além do operador Lucio Bolonha Funaro.

O texto acrescenta: “Os indícios apontam para a corrupção passiva de Geddel Quadros Vieira Lima, posto que, valendo-se seu cargo de vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal, agia internamente, de forma orquestrada, para beneficiar empresas com liberações de créditos dentro de sua área de alçada e fornecia informações privilegiadas para os outros membros da quadrilha que integrava…”

O juiz Vallysnei de Souza Oliveira deferiu todas as diligências requeridas pela Polícia Federal, com o endosso do Ministério Público Federal: batidas de busca e apreensão e quebra dos sigilos bancário, fiscal e telemático. Pressionando aqui, você chega à íntegra do despacho do magistrado.

Categorias
outros

Promotor da VEP Tiago Lisboa falou ao Poder & Política da FOZ TV

Categorias
outros

Virou moda anunciar moratória na terrinha…

Quando o Reni Pereira tomou posse tratou logo de anunciar moratória na Fazenda Municipal. Alegou que o Paulo McD tinha “raspado o tacho”.
Agora a prefeita Inês  trilha a mesma vertente, decretando moratória de 90 dias… Pobre prefeitura de Foz do Iguaçu… Pobres iguaçuenses que pagam seus tributos em dia.

BANHO TURCO

Um gaiato que esteve fazendo “curso de leãozinho” numa das penitenciárias estaduais de Foz do Iguaçu afirmou que a temperatura na cela varia de 50 a 60 graus. O vereador Queiroga que vivia brigando com a balança para emagrecer, agora pode ter resolvido seu problema de peso de forma definitiva.

ASSESSOR DESTEMPERADO

O assessor Marcos Silva, da vereadora Anice Nagib, perdeu as estribeiras nas redes sociais no afã de defender sua chefe. Tem um monte de gente pedindo a cabeça dele no legislativo. Entretanto, só quem pode exonerá-lo é a própria vereadora. Á conferir.

ADVOGADO ELIAS MATTAR ASSAD PODE TER SE EXCEDIDO

Famoso advogado criminalista de Curitiba, doutor Elias Assad, representando a vereadora Anice Nagib, pode ter exagerado na dose ao propiciar uma “posse”  Mandrake da vereadora Anice no legislativo nativo. Ele pode responder uma bananosa na OAB, isso se alguém tiver “aquilo roxo”para propor. O atual presidente da Câmara vereador Rogério Quadros já se posicionou dizendo que a posse, da forma que foi realizada, não vale nada. O advogado Mattar disse que entrou na Justiça para validar a posse.
O caso repercutiu no Jornal Nacional desta quinta 12). Lembrando que antes a vereadora era defendida pelo escritório do fala mansa. Aguardemos o desfecho de mais esse BO na casa de leis.

E por falar no fala mansa a denúncia feita por este blog de que o “dotô” rebaixou a guia do estacionamento de sua residencia/escritório, não deu em nada. O pessoal do Foztrans não se mexeu! Continua tudo como dantes no quartel de Abrantes…

VÍDEO HILÁRIO

Circula nos grupos de whatsapp um vídeo de um bate papo da vereadora Anice Nagib e o “Luizinho da Receita” dono do PTN. Conversa altamente comprometedora, de arrancar tatu da toca. A esposa de um dono de jornal foi citada… Ai, ai, ai…

A TURMA DO SAPATO

Só cresce a turma que passou a dormir de sapato… E os estoques de lexotam continuam sumido das farmácias… Haja coração!

O VELHO PARAGUAI DE GUERRA

Em dezembro de 2016 um celular Iphone 7 plus era vendido no Paraguai por US$ 745, como por encanto, neste janeiro de 2017, o mesmo produto passou a custar US$ 920 … É mole?

PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

A equipe policial, em patrulhamento pela região Leste de Foz do Iguaçu, por volta de 00:05h, em abordagem a um condomínio na rua Bangu no Morumbi, realizou a abordagem de alguns indivíduos, sendo que no momento da abordagem, um dos suspeitos, desrespeitou a voz de abordagem, e tentou correr e nesse momento jogou em sua frente duas armas de fogo sendo um revolver e uma pistola, sendo visualizado claramente pela equipe policial tal ação, diante disso a equipe deu voz de apreensão visto que o mesmo era menor de idade. Sendo assim, foi encaminhado à delegacia competente, com os demais abordados nada de ilícito foi localizado sendo liberados no local.

PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

Um policial militar, que estava na residência de sua sogra, no bairro Novo Horizonte, por volta de 19:30h, quando ouviu disparos de arma de fogo, e que ao sair para verificar, visualizou pessoas correndo assustadas, momento em que foi abordado por populares que relataram que dois indivíduos em uma moto de cor vermelha, efetuou vários disparos de arma de fogo em direção a dois homens. Diante das informação e das características repassadas, este policial, saiu na direção que a motocicleta teria evadido, sendo que algumas quadras do local dos disparos de arma de fogo, logrou êxito em localizar a moto com um dos suspeitos e que ao perceber que o PM estava se aproximando se evadiu novamente, onde foi iniciado um acompanhamento tático. Na sequência, o mesmo perdeu o controle da moto e caiu em um mato, momento este que foi detido, ao se levantar foi encontrado uma pistola com o mesmo, pistola Taurus pt 57, calibre 765. Diante disso a motocicleta, a arma e o detido, foram encaminhadas a delegacia da polícia civil.

 

Categorias
outros

Manual para identificar notícias falsas na internet

Um jornalista consegue descobrir facilmente se uma notícia publicada na internet é verdadeira ou falsa. Mas muitos leitores precisam de uma mãozinha: pensando neles, a equipe do On the Media, programa apresentado por Bob Garfield (que esteve no 11º Congresso da Abraji) montou um pequeno manual, com 11 dicas simples que ajudam a separar o joio do trigo.

O material é o primeiro de uma série de “guias para consumidores de notícias” a ser traduzido para o português.

  1. Sinais de que uma notícia pode ser falsa: manchetes inteiras em LETRA MAIÚSCULA ou fotos obviamente manipuladas.
  2. O site tem muita publicidade, banners ou pop-ups? É um bom sinal de que a notícia pode ser falsa e que foi criada só para atrair internautas para o site.
  3. Verifique o endereço do site. Sites falsos frequentemente adotam nomes parecidos com os de veículos de comunicação reconhecidos.
  4. Se o site for desconhecido, procure informações no link “sobre este site”. Ou faça uma pesquisa no Google, colocando o nome do site e a palavra “falso”.
  5. Clique nos links da matéria. (Notícias falsas ou de baixa qualidade jornalística tendem a remeter para sites similares). E se a matéria não trouxer links, citações ou referências, esse é outro motivo para desconfiar.
  6. Confirme uma notícia improvável procurando por um veículo reconhecido que tenha publicado a mesma informação.
  7. Confira a data original da notícia. Mídias sociais com frequência “ressuscitam” notícias antigas.
  8. Leia além das manchetes. Elas frequentemente têm pouca relação com a matéria.
  9. Fotos podem tanto estar identificadas incorretamente como podem ser antigas. Use um site de busca reversa de imagens, como o Google Imagens, para identificar a publicação original.
  10. Use o seu instinto. Se uma notícia fizer você ficar com muita raiva, ela provavelmente foi construída para gerar essa reação.
  11. Finalmente, se você não tem certeza de que a notícia é verdadeira, não reproduza. Na dúvida, não compartilhe.