Publicidade
Categorias
outros

GDE cumpre mandado de prisão no bairro Morumbi

64ca908a-6782-4f26-8177-0a5

Na manhã desta terça-feira (28), investigadores do Grupo de Diligências Especiais cumpriram mandado de prisão expedido pela Vara de Execuções Penais em desfavor de Adriano Paes Medrado, 25 anos de idade no bairro Morumbi.

A equipe diligenciou e localizou o foragido na própria residência na Rua Durival de Brito, no referido bairro. O foragido que responde pela prática do crime de furto qualificado teve o benefício revogado por motivo de desobediência aos requisitos da liberdade provisória.

Diante dos fatos, Adriano foi conduzido a 6ª Subdivisão Policial onde foi dado fiel cumprimento ao mandado de prisão, posteriormente será conduzido a Cadeia Pública Laudemir Neves.

GDE prende traficante no Parque Presidente

WhatsApp Image 2017-03-28 at 11.50.06

Na manhã desta terça-feira (28), investigadores do Grupo de Diligências Especiais realizaram a prisão em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas de Marli de Jesus Santana, 42 anos de idade, no bairro Parque Presidente.

A equipe que já vinha monitorando a autora do crime, nesta manhã, teve a entrada franqueada na residência de Marli. Nas buscas na residência foram localizados no interior das tomadas elétricas “interruptores” 78 (setenta e oito) buchas de cocaína e 2 (duas) buchas de crack, além da quantia de R$ 432,00 (quatrocentos trinta e dois reais).

Diante dos fatos, Marli de Jesus foi conduzida a Delegacia da Polícia Civil onde em revista pessoal por uma investigadora foi localizado em suas partes íntimas mais 5 (cinco) buchas de cocaína. A autoridade policial lavrou o flagrante delito, e no momento Marli permanece na carceragem provisória da 6ª SDP a disposição da justiça.

POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

Em patrulhamento  pela Avenida Gramado no Três Bandeiras, por volta de 20:00h, foram avistados alguns indivíduos em atitude suspeita em frente a um bar, quando um desses indivíduos, ao avistar a equipe policial e perceber que iria ser abordado, evadiu-se correndo, sendo então acompanhado pelos policias a pé, vindo a ser abordado logo na próxima esquina quando jogou uma arma de fogo(garrucha cal. 38) ao chão, e tentou fugir, entrando dentro de uma sala de moto taxi, foi dominado pelos policiais, após não conseguir pular a janela, vindo a cair no chão. A arma e o menor foram apreendidos e conduzidos até a delegacia do adolescente.

ARMA ABANDONADA

Foi repassado via copom, por volta de 20:00h, uma denúncia anônima, de que haviam abandonado uma pistola calibre .40 na placa de velocidade permitida 110 km/h as margens da BR 277 na região do bairro Três Lagoas, quando a equipe chegou no local, havia um saco plástico preto e dentro dele havia uma pistola Taurus modelo 24/7 calibre .40 um carregador e 14 munições intactas, foi identificado na pistola o brasão da PMPR, a arma foi encaminhar para a 6ª SDP.

DELEGADO CHEFE DA 6ª SDP MINISTRA PALESTRA NO LITORAL 

IMG_4155

Neste sábado, 25 de março, o Delegado Chefe da 6ª Subdivisão Policial de Foz do Iguaçu, Dr. Rogério Antônio Lopes, ministrou uma palestra aos acadêmicos do Curso de Direito do Instituto Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão – ISEPE em Guaratuba/PR.

O Delegado abordou o tema Direitos Humanos e a Atuação Policial que tem objetivo de desmitificar o aparente antagonismo que existe entre atuação policial eficaz e eficiente e a promoção dos Direitos Humanos.

A mesa de autoridades e debatedores foi composta por Cleverson Borges –  Advogado e Professor  de direito Processual Penal no Isepe/Guaratuba; Dorival Pizani Rompato – Escrivão de Polícia e Professor de Filosofia no Isepe Guaratuba; Juliana Aparecida Pacheco – ex professora do ISEPE advogada e Procuradora do Município de Guaratuba além do Investigador de Polícia Edilson Ribeiro Professor do Direito Penal no ISEPE Guaratuba desde 2.009.

 

Categorias
outros

Os quatros vereadores que investigam os vereadores afastados pela Pecúlio têm certidões positiva no fórum de Justiça

59p96p95p99p

Os vereadores Nanci Rafain, Elizeu Liberato, Protetor Jorge e João Miranda, todos membros da comissão de ética que investigam a conduta dos cinco vereadores presos pela Pecúlio, estão pendurados na brocha no fórum de Justiça. Todos os quatros têm certidões positivas (respondem processos),  sendo que um deles, o vereador Protetor Jorge tem condenação criminal de quatro anos.

download

Prá variar o Cazuza, o pai da criança (o falso moralista que protesta contra a corrupção, mas colocou a mulher como assessora do Mogenio) que pediu a investigação também tem certidão positiva…
Faz 12 anos que o Cazuza usa a mulher (Dona Cazuza) em cargos comissionados no município. Ganhou uma tetinha para a mulher (um mimo do vereador Dr. Brito) para pedir essa investigação sem pé nem cabeça. E porque não investigam também o vereador Beni Rodrigues que ficou cinco dias em cana pela Pecúlio?

Clique no link abaixo para ver as capivaras dos “investigadores”

028032017_00000

 

Categorias
outros

Fragmentado

download (4)

Não de é de hoje a conhecida eficiência do diretor indiano M. Night Shyamalan (Sexto Sentido – 1999 / Corpo Fechado – 2000) em produzir suspenses instigantes, que mesmo com alguns insucessos críticos (Pior diretor A Dama na Água (2007) – Vencedor / Pior filme Fim dos Tempos (2009) – Indicado) consegue gerar expectativas a cada título. Sua tendência em aproximar temas fantásticos do mundo real fazem com que ele apoie seus filmes na história e em atuações bem desenvolvidas, o que fica bastante claro em Fragmentado.

O longa fala da história de Kevin Wendell Crumb (James McAvoy – Wanted, 2008 / X-Men: Apocalypse, 2016), um homem que sofre de transtorno de identidade dissociativo (DID) e não possui uma ou três identidades, mas 23 personalidades diferentes, variando de idade e gênero inclusive. Tais identidades são explicadas como sendo fruto de abusos sofridos ou praticados pelo personagem, que em meio a traumas, desenvolveu figuras de escapismo tão complexas ao ponto de cada uma delas ter influências químicas diferentes no mesmo corpo. Uma cena que explicita essa complexidade é quando uma das figuras aparece injetando insulina para sua suposta diabetes, enquanto outras figuras não apresentam em nenhum momento a mesma necessidade.

PITACO: Filmaço, inteligente, vai ganhar prêmios. Na sala 2 do shopping Cataratas. Muito bom!

Categorias
outros

Fozhabita finaliza reformas do Loteamento Lagoa Dourada

lagoadourada

Os problemas estruturais nas casas se arrastavam há anos; as obras serão concluídas até o próximo mês.

O Instituto de Habitação de Foz do Iguaçu (Fozhabita) está finalizando o processo de reformas das casas do loteamento Lagoa Dourada. A previsão de término das obras é para abril deste ano e segundo o Diretor Olides Bolzon, menos de cem casas estão para ser concluídas.

Problemas estruturais vinham sendo apresentados desde 2012, e os imóveis sofreram com as ações de vândalos, causando estragos e danos na maioria das residências. Somente no fim de 2015 é que iniciaram as obras de revitalização, por conta de questões burocráticas.

“Na gestão passada, quando as casas do Lagoa Dourada estavam prestes a ser entregues, foi constatada a ação de vândalos, com roubo de portas, janelas, até piso. Foi feita uma proposta de reforma e encaminhado à Caixa Econômica Federal (CEF) de todas as 551 casas do loteamento. Após essa reprogramação de meta encaminhada à CEF, através de uma planilha de casa em casa, a Caixa aprova ou não e encaminha para o Ministério das Cidades, em Brasília (DF), para então começar o processo de licitação da obra. Tudo isso levou um tempo maior que o estimado”, explicou o Diretor Olides Bolzon.

Com a finalização das reformas, as famílias poderão se acomodar nas novas residências com conforto e tranquilidade desejados. O Fozhabita em Foz do Iguaçu está localizado na Rua Quintino Bocaiúva, 595, no centro, em frente a Casas Bahia. O horário de atendimento é das 8h às 14h, de segunda a sexta-feira. O telefone de contato é o (45) 2105-8280.

Com assessoria da PMF

Categorias
outros

Diário da Cadeia: Cunha consegue suspender publicação de livro que usa seu nome como pseudônimo

cunha livro pseudonimo

A Justiça do Rio determinou que a Editora Record não coloque à venda e comercialize exemplares do livro Diário da Cadeia – Com Trechos da Obra Inédita Impeachment – Eduardo Cunha (pseudônimo), sob pena de multa diária de R$ 400 mil em caso de descumprimento. A ação foi movida pelo ex-deputado Eduardo Cunha, que alega que o livro, escrito por um autor secreto que assina com o pseudônimo de Eduardo Cunha, objetiva aparentar que o ex-parlamentar seria o verdadeiro escritor. Por contrato, a editora não pode divulgar o nome real do autor. O lançamento do livro estava previsto para a esta segunda-feira, 27.

Na decisão, a juíza Ledir Dias de Araújo, da 13ª Vara Cível da Capital, diz que “o direito pleiteado pela parte autora, a meu ver, resta demonstrado, uma vez que o mesmo afirma não ter escrito o livro denominado Diário da Cadeia. Examinando a documentação que instrui a inicial, constata-se que o lançamento do livro vem sendo veiculado na mídia, cuja propaganda dá a entender se tratar de livro de autoria de Eduardo Cunha, o que é por ele negado”, destacou a juíza.

A magistrada determina também que a Editora Record exclua do seu site eletrônico quaisquer trechos do livro, inclusive imagens da capa ou conteúdo que façam referência à imagem do ex-deputado. Para a juíza, há evidências sobre a tentativa de iludir o leitor sobre a verdadeira autoria da obra.

“A própria capa do livro leva-nos a pensar que o mesmo foi escrito pelo autor da ação, uma vez que é ele quem se encontra recluso, não sendo crível que o pseudônimo também se encontre recluso a justificar o título escolhido para o livro”, destacou a juíza Ledir de Araújo.

Em nota, a Editora Record informou que ao tomar conhecimento da decisão da juíza da 13ª Vara Cível da capital interrompeu imediatamente a circulação da obra. A editora informou ainda que está tentando revogar a tutela provisória de urgência obtida pelos advogados de Eduardo Cunha. A Record pede ainda que não sejam publicados ou reproduzidos trechos da obra.

Petistas rebaixados

Gleisi Hoffmann, Lindbergh Farias e Humberto Costa não podem perder o foro privilegiado.

Por isso mesmo, segundo o Estadão, eles devem desistir do Senado em 2018, optando por uma vaga na Câmara dos Deputados.

Categorias
outros

GDE prende casal com 180 pedras de crack

WhatsApp Image 2017-03-27 at 11.46.00WhatsApp Image 2017-03-27 at 11.46.15WhatsApp-Image-2017-03-27-a

No início da manhã desta segunda-feira (27), investigadores do Grupo de Diligências Especiais realizaram a prisão em flagrante pela prática do crime de tráfico de drogas de Juliane da Cunha, 27 anos de idade e de Noé Valentin Enriques, 38 anos de idade, na Comunidade do Bolo, Bairro Jardim Jupira.

Os investigadores já vinham monitorando a pessoa de Noé, pessoa está conhecida pela equipe policial pela prática do crime de tráfico de drogas; quando nesta manhã receberam informações de que este estaria praticando a comercialização de entorpecentes.

De imediato, a equipe se deslocou até a Comunidade do Bolo, no momento da abordagem Noé estava na posse de 2 (duas) pedras de crack e a quantia de R$ 15,00 (quinze reais). Na sequência foi revistado Juliane, esposa de Noé, onde foi encontrado com a mesma 3 (três) pedras de crack. Questionado Juliane sobre a origem do entorpecente esta acabou confessando que estaria “ajudando” o marido na comercialização de drogas.

A equipe se deslocou a residência do casal, próximo do local em que foi realizada a abordagem, onde localizaram no interior de uma máquina secadora de roupas 180 (cento e oitenta) pedras de crack, totalizando 40 gramas; além de R$ 36,00 (trinta e seis reais) e dois rolos de papel alumínio.

Diante dos fatos, o casal foi conduzido a Delegacia da Polícia Civil onde o Delegado, Dr. Geraldo Evangelista lavrou o flagrante delito. Noé e Juliane permanecem na carceragem provisória da 6ª Subdivisão Policial a disposição da justiça.

GDE RECUPERA VEÍCULO FURTADO

DSCN1194

Na manhã deste sábado (25), investigadores do Grupo de Diligências Especiais – GDE recuperaram um veículo I/Kia Cadenza no bairro Jardim Europa.

O veículo estava dentro de uma residência, a qual estava com o portão entreaberto. A equipe constatou que o veículo possui alerta de furto em data de 23/09/2016 na cidade de Gaspar/SC, no momento da apreensão o mesmo apresentava placa “fria”.

A equipe já identificou o proprietário da residência o qual deve ser interrogado nesta segunda-feira. Diante dos fatos, o veículo foi conduzido ao pátio da 6ª Subdivisão Policial o qual deverá ser restituído ao verdadeiro proprietário após os trâmites legais.

VEÍCULO RECUPERADO

Às 8h do dia 24, uma equipe do serviço reservado da Polícia Militar, localizou um veículo modelo Corolla, que estava em uma residência situada na avenida Araucária. O portão encontrava-se aberto, e a equipe adentrou para verificar a situação, quando então foi constatado que havia moradores nas 3 casas que ficam no mesmo terreno. Ao indagar quem seria o responsável pelo veículo, uma pessoa relatou que o seu tio consentiu em guardar e tinha ciência de que o carro era roubado.

Às 8h45 do dia 24, uma equipe policial encontrou uma motocicleta Honda Biz de cor preta que estava estacionada na calçada na avenida Beira Rio. Ao checar a placa no sistema informatizado foi constatado que havia queixa de furto do ano de 2014. Durante a averiguação da equipe, compareceu no local um indivíduo dizendo ser o responsável pela motocicleta. Ele informou desconhecer o fato da motocicleta ser furtada, dizendo ainda que apenas pegou emprestada e que a mesma seria de leilão e que o suposto dono teria a documentação da moto. A motocicleta e o indivíduo foram conduzidos até a delegacia.

ASSALTANTE PRESO

Às 16h do dia 24, um indivíduo entrou em um estabelecimento comercial e efetuou um roubo no centro de Foz, agredindo violentamente uma das vítimas. O rapaz fugiu, mas uma das vítimas seguiu o autor do crime. Os policiais conseguiram abordar o assaltante na avenida JK. Na revista pessoal foi encontrado um revólver marca Doberman calibre 32, municiado com 6 munições. O detido é de nacionalidade paraguaia e afirmou que está com mandado de prisão em aberto no Paraguai.  Ele foi preso e encaminhado até a delegacia.

CELULAR RECUPERADO

Às 17 do dia 24, um policial recebeu a informação de que na rua Vicente Feola, uma pessoa estaria com um celular Samsumg roubado, de cor dourada. Realizado abordagem e averiguação, um celular foi localizado com o indivíduo, além de uma motocicleta Titan com placa adulterada e numeração de chassi suprimido.

MOTOCICLETA RECUPERADA

Às 20h do dia 24, a equipe do Gotamotran visualizou uma motocicleta em meio a um monte de reciclados situado na alameda Codorna no Portal da Foz. Ao checar o chassi constatou-se que se tratava de uma Leopard com queixa de furto em data de 20/03/2017. A motocicleta estava com algumas avarias e estava pintada de outra cor.

APREENSÃO DE MACONHA E REVÓLVER CALIBRE 38

Às 15h do dia 24, uma equipe do Gotamotran realizava patrulhamento de rotina na área norte, quando foi repassado via central de operações, que na rua Egelio Dotto no Porto Belo, havia um jovem traficando. Quando a equipe acessou a rua supracitada, um rapaz empreendeu fuga. Realizada buscas na residência, sendo encontrado 555g de maconha e um revólver cal. 38 marca Taurus com 6 cartuchos intactos.

APREENSÃO DE 14 GRAMAS DE COCAÍNA

Às 23h do dia 24, uma equipe policial deslocou até um estabelecimento comercial, na cidade de Medianeira, devido haver grande suspeita dos envolvidos fazerem uso de substâncias entorpecentes e posse de arma de fogo. Após a checagem no sistema, um dos abordados apresentava ter sido removido ao centro socio-educativo de Cascavel, não indicando sua saída ou liberação. Deste modo, o envolvido foi encaminhado até a sede da 2° cia para melhor averiguar sua condição, local onde foi realizado uma busca pessoal completa, visto ter denúncia de que o envolvido pratica o delito de tráfico, escondendo as drogas na cueca, surgindo dentro de seu tênis dois saquinhos, um contendo 9 invólucros de cor branca, com substância análoga a cocaína, e 21 invólucros na cor azul. Ao todo foram apreendidas 14g da droga.

VEÍCULO RECUPERADO

Às 18h do dia 26, um automóvel Hyunday i30 foi encontrado na BR 277 em uma área rural. O referido veículo foi utilizado em um roubo na data de 25/03/2017. A placa era falsa, sendo que através do chassi do veículo, constatou-se que havia sido furtado na cidade de Araucária / PR. O automóvel foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil.

CONDUZIR VEÍCULO COM A CAPACIDADE PSICOMOTORA ALTERADA

Às 23h do dia 26, a equipe do plantão de acidentes foi acionada via central de comunicações para atender um acidente de trânsito na Vila Yolanda. No local foi contatado que os envolvidos não haviam se ferido, porém um deles apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ele não sabia onde estava e nem como era seu nome. O condutor do automóvel Ford Fiesta estava parado no semáforo da avenida Cataratas quando o condutor do GM/Classic colidiu na traseira do outro automóvel. O condutor do Classic não aceitou realizar o teste e foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil.

CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO

Às 19h do dia 26, conforme uma denúncia anônima, um indivíduo de estatura baixa e camiseta clara estaria com mandado de prisão em aberto. Os policiais foram até a rua Brasília no centro da cidade e abordaram o indivíduo. Ele tinha um mandado de prisão e foi conduzido à delegacia.

VEÍCULO RECUPERADO

Às 12h do dia 25, um automóvel HB20 foi encontrado na rua Itaboraí, área rural da cidade de Foz do Iguaçu. Ele estava trancado e havia sido roubado.

POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO / CUMPRIMENTO DE MANDADO

Às 16h do dia 25, durante patrulhamento de trânsito na região do Morumbi, uma pessoa abordou a viatura policial e relatou que na rua Vivaldo de Lima estaria ocorrendo comercialização de drogas. Um indivíduo foi abordado na frente da residência indicada. Ele estava com forte odor de maconha e informou ser usuário. A mãe do rapaz e o padrasto autorizaram os policiais a realizarem buscas no imóvel.  Foram encontrados 4g de maconha e um revólver calibre 38 faltando o cano. O adolescente informou que encontrou o revólver na rua e resolveu levar para sua residência. Ele foi encaminhado para a delegacia especial do adolescente onde constatou-se que havia um mandado de busca e apreensão contra ele.

AMEAÇA

Às 23h do dia 25, três indivíduos estavam em cima de uma residência localizada na rua das Orcas.  Dois deles conseguiram fugir, sendo que um deles foi detido por algumas pessoas.  O detido relatou que um dos que correram estava armado, e eles estavam no telhado para assaltar o vizinho. A vítima disse que o rapaz havia entrado outras três vezes em sua casa e que em uma delas utilizava uma arma de fogo.

VEÍCULO RECUPERADO

Às 00h15 do dia 26, policiais militares foram até um bar situado na avenida Independência na cidade de Santa Terezinha de Itaipu. A vítima informou que teve seu automóvel VW/Fusca furtado por uma pessoa conhecida. Alguns minutos o veículo foi encontrado abandonado.

CONDUZIR VEÍCULO AUTOMOTOR COM A CAPACIDADE PSICOMOTORA ALTERADA

Às 23h do dia 25, uma equipe foi atender um acidente de trânsito ocorrido na cidade de Medianeira. Duas mulheres estavam se agredindo, sendo que com a chegada da equipe, a briga cessou. O Hyundai/hb20 estava sendo conduzido por uma mulher, o veículo Chevrolet/montana estava sendo conduzido por um homem, sendo que ambos estavam visivelmente alterados e com sintomas de embriaguez. Após o teste do etilômetro, foi aferido o resultado de 0,64 mg/l para a mulher e 0,59 mg/l para o homem.

Categorias
outros

EX VEREDOR PAULO ROCHA PAGOU HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS COM VEÍCULO ARRESTADO PELO JUSTIÇA

download (3)
Paulo Rocha nos bons tempos em que desfilava de vereador fashion na Câmara Municipal

Ex-vereador Paulo Rocha está cheio de processos. Para complicar deu um veículo usado para pagar honorários advocatícios. O problema é que o dito veículo fora arrestado pela Justiça. Doutor causídico aguardava nesta segunda (27) uma posição do ex-vereador para resolver a pendenga.

Memórias do Cárcere 2.o

Observador interno relata alguns episódios nos últimos meses na cadeia da Lava Jato em Curitiba

De um atento observador interno, em revelação à Coluna, sobre alguns episódios nos últimos meses na cadeia da Lava Jato em Curitiba: João Cláudio Genu, ex-assessor do falecido Janene, teve de dormir semanas no corredor, expulso da cela, por crises de flatulência após cirurgia bariátrica. O pau quebrou na noite em que Nestor Cerveró, considerado desajeitado e bagunçado, urinou sem saber nos objetos pessoais do metódico e cartesiano Fernando Baiano. Os carcereiros tiveram de intervir.

1,2,3..

Marcelo Odebrecht quase saiu no braço com Alberto Youssef. O empreiteiro acorda às 6h para fazer barras na cela, e o doleiro (hoje livre) queria dormir e só reclamava.

Categorias
outros

Meu comentário na FM 97 desta segunda (27)

download (2)